Pastoral da Saúde

06 ABR 2015
06 de Abril de 2015

A Pastoral da Saúde compreende as ações que a Igreja realiza em favor da promoção da saúde e da educação preventiva das doenças, e ainda, a assistência material e espiritual aos doentes em casa e nos hospitais.

 

Propostas:

 

·         Fortalecer a equipe paroquial da Pastoral da Saúde;

·         Conseguir agentes para a pastoral em todos os setores da Paróquia;

·         Manter, constantemente atualizado, o fichário sobre todos os enfermos da Paróquia;

·         Visitar, pelo menos duas vezes por mês, por meio de seus agentes, todos os doentes nas suas residências;

·         Organizar um rodízio entre seus membros para que visitem diariamente os hospitais;

·         Combinar com a direção dos hospitais, dias e horários pré-determinados para a visita dos sacerdotes aos enfermos. Em caso de urgência, os sacerdotes atendem em qualquer horário;

·         Preparar os enfermos impedidos de sair de casa chamando o padre para os confessar para que recebam a Santa Comunhão semanalmente. Igualmente preparar seus familiares para que se unam respeitosamente ao enfermo quando da recepção da comunhão;

·         Organizar um esquema de modo que os sacerdotes possam visitar todos os enfermos, na Quaresma, e dar-lhes a Unção dos Enfermos. Não deixar que nenhum fiel morra sem receber o Sacramento da Unção;

·         Celebrar missas especiais para os doentes no Dia Mundial do Enfermo (11 de fevereiro), na Páscoa, na Festa do Senhor Bom Jesus e no Natal;

·         Integrar a Pastoral da Saúde às entidades de assistência social, para a superação da pobreza e da miséria;

·         Promover, com médicos e enfermeiros, o conhecimento da doutrina cristã e das reflexões da bioética.

·         Integrar-se com a Pastoral da Criança, para a promoção de ações básicas de saúde e prevenção de doença.

Voltar