Pastoral Bíblico-Catequético

06 ABR 2015
06 de Abril de 2015

A Catequese para a Primeira Confissão e Primeira Eucaristia busca o desenvolvimento da fé das crianças. Este desenvolvimento acontece por um processo de educação da fé, de forma comunitária, progressiva e ordenada, integrando momentos de vivência, reflexão, celebração e lazer.

 

Quanto aos Catequistas:

 

·         Fortalecer a coordenação paroquial e a equipe de apoio;

·         Aumentar a quantidade de catequistas e melhorar sua qualidade, através da descoberta de pessoas vocacionadas para este ministério e do aperfeiçoamento de sua formação e de sua espiritualidade a fim de que assumam com convicção e perseverança o seu ministério;

·         Realizar reuniões mensais em todas as comunidades, com momentos para a formação permanente e para fazer os encaminhamentos catequéticos da comunidade;

·         Promover cursos de atualização catequética e dias de retiro para todos os catequistas, ao menos uma vez por ano;

·         Visitar, ao menos uma vez por ano, as famílias dos catequizandos;

·         Preparar cuidadosamente os que vão se iniciar neste ministério e conferir-lhe, no Dia do Catequista, o mandato de catequista;

·         Participar continuamente da vida da comunidade, mormente da Eucaristia dominical e do Sacramento da Reconciliação e das reuniões, cursos e retiros catequéticos oferecidos pela Paróquia;

·         Utilizar na catequese a Bíblia Sagrada e os materiais adotados pela Paróquia e os recursos audiovisuais;

·         Responsabilizar-se pela organização do mês da Bíblia;

 

Quanto aos Catequizandos:

 

·         Realizar a preparação para a Primeira Confissão e Primeira Eucaristia pelo menos durante três anos;

·         Admitir à preparação as crianças que estejam chegando aos sete anos de idade;

·         Conduzir os catequizandos a uma catequese mais eucarística, bíblica, orante e vivencial;

·         Iniciar, no princípio de fevereiro a catequese paroquial, cuja inscrição deve ser feita pelos pais ou responsáveis pelos catequizandos;

·         Esclarecer que não se aceitam mais de 05 faltas aos encontros catequéticos durante o ano, a não ser por motivo de doença;

·         Preparar a celebração da Primeira Confissão e da Primeira Eucaristia por meio de encontros com padres, de ensaios e de um retiro espiritual e de um tríduo envolvendo os familiares das crianças e a comunidade;

·         Celebrar a Primeira Eucaristia, preferencialmente, no Tempo Pascal;

·         Encaminhar as crianças que receberam a Primeira Eucaristia aos grupos da Infância Missionária;


Quanto aos Pais:

 

·         Procurar a comunidade e inscrever seus filhos, dentro do tempo determinado, para a catequese;

·         Participar das reuniões que serão realizadas no princípio e durante o tempo da catequese;

·         Acompanhar o desenvolvimento de seus filhos, ajudando-os nas atividades prescritas para casa e mantendo contato permanente com o catequista;

·         Preparar-se espiritualmente, juntamente com os demais familiares, para a celebração da Primeira Eucaristia;

·         Participar, antes e depois da Primeira Eucaristia, juntamente com seus filhos, da missa dominical.

 

Crisma

 

A Catequese de Crisma busca o amadurecimento da fé dos adolescentes e jovens, para que, assistidos pelo Espírito, possam assumir, por si, sua missão na comunidade e na sociedade.

 

Propostas:

 

·         Além de tudo quanto já se disse sobre a Eucaristia e que se aplica à crisma, propomos:

·         Transferir a celebração de crisma, preferencialmente, para as proximidades da solenidade de Pentecostes;

·         Integrar-se com a pastoral da juventude, para que os crismados, recebido o Sacramento, engajem nos grupos de jovens;

·         Orientar os crismandos, desde o princípio, sobre os critérios da escolha de padrinhos autenticamente cristãos;

·         Realizar com os padrinhos um encontro nas vésperas da crisma.

 

 

Catequese de Adultos

      

Iniciação Cristã de Adultos

 

A Iniciação Cristã dos Adultos visa oferecer aos que não receberam o Batismo, a Eucaristia ou a Crisma na infância e na adolescência, um roteiro de reflexão e aprofundamento, com base bíblica, dos principais pontos da fé e um acompanhamento personalizado na vida comunitária, principalmente nas celebrações e em momentos especiais de vida eclesial.

Propostas:

 

·         Constituir uma equipe de catequistas dedicada a este setor;

·         Entrosar-se com a coordenação dos setores para fazer um levantamento de todos os adultos que não receberam os Sacramentos da iniciação cristã;

·         Formar, em todas as comunidades, grupos de catequese de adultos;

·         Estudar outras modalidades de preparação dos adultos que trabalham ininterruptamente ou tem sérias dificuldades para freqüentar a catequese comunitária;

·         Elaborar subsídios adequados a estes setores;

·         Realizar esta preparação ao longo de um ano, encaminhando-as, posteriormente, aos círculos bíblicos ou aos movimentos eclesiais.

 

Catequese Permanente

 

A catequese dura, enquanto dura nossa vida. As comunidades de fé são o ambiente natural dos cristãos, onde eles se alimentam de Jesus Cristo, especialmente na Eucaristia e na vida dos irmãos. A melhor catequese é estar, inserido na caminhada da comunidade.

A comunidade oferece muitos espaços de compromisso de vida: são os grupos de atuação pastoral e evangelizadora, onde se dá uma catequese permanente.

Mas, a comunidade oferece também, de modo específico e privilegiado, os grupos de círculos bíblicos, como lugar de alimentação da fé, pela leitura da Palavra de Deus e da vida, inseparavelmente. Círculo bíblico é catequese por excelência.

 

Propostas:

 

·         Acentuar nas reuniões e encontros dos movimentos a dimensão catequética;

·         Criar, assim que for possível, uma escola catequética (bíblico-teológica) na paróquia;

·         Valorizar a novena do Senhor Bom Jesus e dos Padroeiros das Comunidades como momento de aprofundamento da fé;

·         Realizar, anualmente, por ocasião da Festa de Corpus Christi, uma Semana Eucarística;

·         Entrosar-se com a pastoral da comunicação para veicular, através dos meios de comunicação social, programas catequéticos;

·         Difundir os grupos de círculos bíblicos em todas as comunidades urbanas e rurais.

 

Coordenador(a): Nilza Maria Cardoso Furtado

Praça Menote D’Áurea, 44 – Apt. 1001 – Bairro Centro

Tel:(35) 3832-7000

Voltar